Dicas para a saúde dos dentes dos enófilos

Dicas para a saúde dos dentes dos enófilos

O cuidado com os dentes é uma preocupação constante dos profissionais do vinho e de enófilos em geral. Os dois problemas com os quais os mesmos lidam são a pigmentação causada pelos tintos e a erosão do esmalte, causada pela acidez dos brancos e espumantes.

O escurecimento dos dentes causado pelos tintos é o calo óbvio, mas a erosão que vem com os brancos é tão grave quanto, e pode causar sensibilidade no dente (quente/frio). Além disso com o tempo os dentes ficam amarelados e mais propensos a fissuras e cáries. É bom lembrar que refrigerantes e sucos de frutas cítricas causam erosão ainda maior.

Confira as dicas:

  • Escove os dentes antes de uma degustação, removendo a placa bacteriana. Esta ação retardará a ação dos ácidos e da pigmentação na superfície de esmalte.
  • Não escove os dentes logo após a degustação, pois o esmalte estará mais vulnerável e suscetível à erosão. Espero ao menos uma hora.
  • Bocheche água após o consumo de bebidas e alimentos ácidos.
  • Consuma queijo junto com vinho, não é apenas uma harmonização clássica, mas o queijo ajuda a neutralizar o ácido.
  • Chicletes ajudam a salivar e a saliva protege. Sem açúcar por favor e jamais durante a degustação.
  • Beba água sempre! Entre cada gole de vinho um gole de água. Além de hidratar o corpo, ajuda a diluir os ácidos e pigmentos.
  • Já existem cremes dentais específicos para tratamento da erosão do esmalte, com baixa abrasividade.
  • Pastas de dente clareadoras ajudam a amenizar as manchas, mas é importante informar que estes produtos não clareiam os dentes, apenas ajudam a remover manchas para que os dentes retornem a sua cor natural. Muito mais eficaz é profilaxia realizada pelo dentista trimestralmente.

A melhor dica é sempre visitar o seu dentista.

Fonte: VEJA Rio

O cuidado com os dentes é uma preocupação constante dos profissionais do vinho e de enófilos em geral. Os dois problemas com os quais os mesmos lidam são a pigmentação causada pelos tintos e a erosão do esmalte, causada pela acidez dos brancos e espumantes.

O escurecimento dos dentes causado pelos tintos é o calo óbvio, mas a erosão que vem com os brancos é tão grave quanto, e pode causar sensibilidade no dente (quente/frio). Além disso com o tempo os dentes ficam amarelados e mais propensos a fissuras e cáries. É bom lembrar que refrigerantes e sucos de frutas cítricas causam erosão ainda maior.

Confira as dicas:

  • Escove os dentes antes de uma degustação, removendo a placa bacteriana. Esta ação retardará a ação dos ácidos e da pigmentação na superfície de esmalte.
  • Não escove os dentes logo após a degustação, pois o esmalte estará mais vulnerável e suscetível à erosão. Espero ao menos uma hora.
  • Bocheche água após o consumo de bebidas e alimentos ácidos.
  • Consuma queijo junto com vinho, não é apenas uma harmonização clássica, mas o queijo ajuda a neutralizar o ácido.
  • Chicletes ajudam a salivar e a saliva protege. Sem açúcar por favor e jamais durante a degustação.
  • Beba água sempre! Entre cada gole de vinho um gole de água. Além de hidratar o corpo, ajuda a diluir os ácidos e pigmentos.
  • Já existem cremes dentais específicos para tratamento da erosão do esmalte, com baixa abrasividade.
  • Pastas de dente clareadoras ajudam a amenizar as manchas, mas é importante informar que estes produtos não clareiam os dentes, apenas ajudam a remover manchas para que os dentes retornem a sua cor natural. Muito mais eficaz é profilaxia realizada pelo dentista trimestralmente.

A melhor dica é sempre visitar o seu dentista.

Fonte: VEJA Rio